Como escolher as cortinas da sua casa – Decoração

As cortinas pesadas e repletas de sobreposições fazem parte do passado. Atualmente a tendências está em valorizar os modelos que são mais leves, e bem mais simples, e mesmo assim é preciso prestar atenção em detalhes e critérios que possam orientar toda a escolha certeira para cada um dos ambientes.

Desta forma, a chance de arcar com um prejuízo de uma cortina inadequada acaba ficando bem de fora das janelas.

Comece sempre pelas medidas.

As medidas precisam ser exatas, e isto é muito importante.

Como escolher as cortinas da sua casa – Decoração

As medidas são fundamentais para evitar uma perda ou sobra de materiais. Caso a compra do tecido ocorra em uma mesma loja que a cortina será feita, normalmente o funcionário deverá realizar os cálculos de medidas, bastando apenas informar qual será a altura e a largura das janelas.

Do contrário, depois de tirar todas estas medidas, procure multiplicar o número total por dois, no caso de um tecido encorpado por exemplo como o linho. Para tecidos mais finos, como o voal é interessante multiplicar por três para a peça ganhar um pouco mais de volume.

O resultado deverá ser o número de panos ou ainda alturas de jargão dos cortineiros utilizados, estes que serão emendados. É importante porém se verificar as medidas entre a esquadria, o teto e o piso. Caso a distância entre a janela e o teto seja menor do que 30 cm procure então fazer a cortina até lá, se a medida até as paredes laterais forem menores do que 50 cm é melhor cobrir toda a área utilizada. Caso sobre menos que 30 cm entre a cortina e o piso, vale a pena optar por um modelo longo.

Agora é a hora de acertar no modelo e no tecido.

Caso a sua intenção seja economizar e não gastar muito, é interessante se contar com modelos que sejam presos por alças feitas com o próprio tecido, uma outra opção interessante é a alça com um cabeçote liso, como uma cintura de calça comprida colocada em um varão.

As cortinas que mais gastam tecidos são as franzidas, e principalmente as com pregas americanas, e as peças produzidas em tecidos finos pois precisam de mais quantidade para ter um maior volume.

 

Deixe um Comentário: