Como hipnotizar alguém? Truques, vídeos

Muitas pessoas ainda acreditam que a hipnose não passa de um truque barato ou de uma grande fraude nas quais algumas pessoas acabam se apoiando para ganhar dinheiro, especialmente aquelas que costumam ganhar dinheiro vendendo ingressos ou entradas para assistir determinados espetáculos onde existem demonstrações de hipnotismo.

Pois a hipnose realmente existe, e a ciência já comprovou através de uma série de experimentos que determinadas técnicas podem acabar fazendo com que determinadas pessoas consigam realizar determinadas atitudes. É claro que nem tudo é tão simples como pode parecer, e para que as pessoas consigam hipnotizar outras realmente exige tempo e estudo.

Como hipnotizar alguém

Mesmo assim, existem determinadas técnicas e truques que podem ser aplicados em outras pessoas para criar uma hipnose, por mais simples e fraca que ela seja no primeiro momento. Mas, com certeza, estas dicas poderão impressionar algumas pessoas durante uma festinha ou um churrasquinho familiar de domingo.

Antes de mais nada, é preciso realmente conseguir um local calmo e tranquilo quando as pessoas estão treinando os seus primeiros truques de hipnose. Até podem ter outras pessoas ao redor, mas é preciso realmente existir um silêncio.

Além disso, a pessoa que vai ser hipnotizada precisa se comprometer a cooperar. É claro que ela não precisa mentir ou fingir que está hipnotizada, mas é importante que elas realmente façam o que for solicitado.

Peça para que a pessoa sente e fique confortável. Peça também que ela feche os olhos e se imagine dentro de um barco que se movimenta bem devagar, balançando para a esquerda, para a direita, para cima e para baixo. Enquanto isso, vá passando estas instruções para ela com uma voz, calma e tranquila, sem variações de tom.

Agora, passe a dizer que a pessoa está sentindo a sua perna dormente, cada vez mais pesada. Vá falando essas coisas de uma forma lenta, sempre cuidando o tom da voz, até que a pessoa realmente comece a sentir a perna formigando.

O mesmo passo pode ser feito com os outros membros do corpo para que a pessoa experimente um estágio de semi-imobilidade.

Deixe um Comentário: