Como importar suplementos baratos

Logo abaixo iremos falar de alguns produtos que se tornaram cada vez mais indispensáveis para os atletas de alto rendimento, os suplementos alimentares.

Se você tem dúvidas de como e onde deverá comprar estes produtos, iremos também citar algumas informações sobre o assunto, além de citar alguns sites de compras estrangeiros bastante populares entre os internautas onde você pode fazer a compra dos produtos importados.

Os suplementos alimentares importados têm um custo relativamente alto no Brasil devido a vários fatores, como por exemplo sua composição, as taxas de importação, que incidem sobre as marcas, entre outros. Este é um produto que tem uma grande demanda de mercado já que ajuda no desempenho e na manutenção bioquímica dos atletas conforme a intensidade, e a força, além da modalidade que ele desempenhar.

Como importar suplementos baratos

A maior parte dos produtos comercializados no Brasil lá fora custa duas vezes menos, e por isso é interessante comprar. Em contrapartida como todo o produto importado existe um risco de os suplementos serem tributados pela Receita Federal, por isso é importante ter alguns cuidados básicos para o produto não ser taxado desta forma, como por exemplo:

Não realizar encomendas com valores superiores aos de 50 dólares.

Não comprar muitos produtos em um mesmo pedido, e escolher a loja apropriada que possa enviar o produto em uma caixa pequena e discreta.

Evite comprar produtos que sejam muito pesados como Whey Protein de 2 kg.

São muitas as lojas virtuais estrangeiras para se comprar suplementos alimentares importados, mas conforme os internautas e leitores que compram este tipo de produto, os melhores sites de compras indicados são o iHerb, Vitacost, Suplement Central e o Healthdesigns, estes que oferecem uma série de vantagens para seus compradores, além de terem políticas de entrega garantidas e as mais populares formas de pagamento, como por exemplo Paypal e o Neteller.

É importante ter atenção já que aqui no Brasil até mesmo para consumo próprio de suplementos existem regras. Por isso procure sempre checar se o suplemento que você quer comprar em um shopping online estrangeiro respeita as regras da Receita Federal, e se estiver regularizado junto com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

 

Deixe um Comentário: