Curso Engenharia Aeronáutica – Conheça detalhes

Este é o ramo de engenharia que se ocupa de diversos projetos de manutenção voltados a aeronaves e gerenciamento específico de atividades realizadas de cunho aeroespacial. Estes profissionais são fundamentais para a segurança e a tranquilidade de qualquer voo. E este é responsável por toda a manutenção, realização de reparos, inspeções de forma periódica de estruturas e equipamentos bem como asas, fuselagem, motores, etc.

Este profissional além de realizar a fabricação de aviões, poderá também gerenciar as obras e serviços que são ligados para a estrutura aeronáutica como construção de aeroportos, planejamentos de linhas de gerenciamento de tráfego aéreo, e áreas afins.

Curso Engenharia Aeronáutica

O mercado de trabalho para este profissional

Como principais motores de mercado para este profissional, podemos citar a Embraer, esta que é a empresa líder no mercado mundial de aviação comercial, tanto de pequeno como de médio porte. A empresa ainda poderá ampliar o seu peso em toda a indústria mundial, com uma produção de aeronaves de forma executiva e de defesa.

Além de atuar na Embraer, existem ainda outras excelentes alternativas de trabalho em todo o conglomerado das empresas menores, que acabam prestando serviços para a Embraer, como a Força aérea Brasileira e também o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). Esta é uma área em grande expansão no Brasil, principalmente na capital paulista.

A remuneração inicial oferecida fica a partir de R$ 4068 por uma jornada de trabalho de seis horas diárias.

Um pouco sobre o curso

Os dois anos realizados de formação básica devem trazer principalmente conteúdos de disciplinas nas áreas de física, química, matemática, entre outros. Já a partir do terceiro ano começam todas as matérias de forma tecnológica, como a área de eletrônica e dinâmica de sistemas de controle, além de áreas específicas em aerodinâmica. Como por exemplo, os alunos poderão estudar uma dinâmica de gases e fluidos. E em algumas escolas, os alunos podem também optar por atuar em uma área de especialização, nos terceiros anos de curso. E no fim do curso é obrigatório se apresentar um trabalho de conclusão de curso. Algumas instituições específicas como por exemplo o ITA, a Univap, a UnB e a UFMG oferecem cursos gratuitamente voltados para a área de Engenharia Aeroespacial.

A duração média de cursos é equivalente de cinco anos.

 

Deixe um Comentário: