Curso Engenharia de pesca – Onde Fazer

Esta área de engenharia é voltada basicamente para todo o cultivo, bem como toda a captura e principalmente a industrialização de todos os organismos aquáticos existentes. Os profissionais engenheiros da pesca estudam e ainda aplicam seus métodos e tecnologias diferenciadas para que possa localizar, beneficiar e ainda conservar os seus peixes, os crustáceos, e ainda frutos do mar.

O profissional ainda planta, dimensiona e implanta as fazendas aquáticas em seus lagos, rios e barragens bem como no oceano. Toda a pesquisa e o beneficiamento na conservação dos animais, e ainda deverá o profissional acompanhar toda a industrialização bem como manter os seus motores e equipamentos mecanizados e utilizados em todas as operações de pesca.

Curso Engenharia de pesca

O mercado de trabalho para os profissionais em Engenharia de pesca

Depois de toda a criação do ministério da pesca e aquicultura no ano de 2003, esta é uma profissão que vem cada vez mais ganhando um destaque. E um dos objetivos determinados do ministério é aumentar os consumos internos de todo o pescado, atualmente, abaixo do mínimo, é recomendado que se invista através da Organização Mundial da Saúde (OMS).

As regiões norte e sul do país oferecem as melhores e principais oportunidades. E na região centro oeste os novos frigoríficos tem sido abertos, e a área de piscicultura vem cada vez mais ganhando espaço. Já em Rondônia toda a produção de fazendas aquícolas cada vez mais cresce, e no norte a busca por profissionais também cresce.

A remuneração inicial oferecida é equivalente de R$ 4 mil reais para uma jornada de trabalho de seis horas diárias.

Um pouco sobre o curso

Dentre as disciplinas básicas temos as áreas de Ciências Exatas e biológicas, como por exemplo as aulas de cálculo, ecologia e também zoologia. Os estudantes veem a biologia pesqueira, bem como a aquicultura, e a administração pesqueira como áreas interessantes e em evidência no mercado atual.

As melhores instituições para estudar são a Ifes-ES, UFFS-PR, UFSC e UFRN que oferecem cursos voltados para a Engenharia de Aquicultura, e na Unir de Rondônia a graduação é voltada para a Engenharia de Pesca e Aquicultura. A duração do curso é equivalente de cinco anos.

 

Deixe um Comentário: