Curso Superior Engenharia de sistemas eletrônicos – Onde cursar?

Esta é a grande modalidade de engenharia que se ocupa principalmente dos projetos e ainda desenvolvimentos de componentes e equipamentos de sistemas eletroeletrônicos. Este profissional ainda atua na área de materiais de condições eletroeletrônicas, bem como sistemas de medição, equipamentos biomédicos, e ainda a informática médica. Entre todas as responsabilidades do profissional estão as instalações, bem como as operações e a manutenção de todos os sistemas e equipamentos.

O mercado de trabalho dos profissionais

Toda a área de atuação destes profissionais é bem ampla, e tende acima de tudo a crescer mais ainda com toda a evolução de automação industrial e tecnologias de informação e de comunicação.

Na indústria ainda, os segmentos considerados como automobilísticos, alimentício, agrícola, e ainda de eletrodomésticos oferecem um bom nicho e oportunidades de trabalho interessantes, os engenheiros eletricistas e eletrônicos também poderão colher excelentes frutos existentes do excelente momento vivido pela área e construção civil. As principais oportunidades acabam ficando concentradas na região sul e sudeste do Brasil.

Engenharia de sistemas eletrônicos

A remuneração inicial oferecida deverá ficar a partir de R$ 4 mil reais.

As melhores instituições com este curso são:

SP São José dos Campos ITA,

São Paulo USP Eng. Elétr. (sist. eletrôn.);

MG Belo horizonte PUC Minas Eng. Eletrôn. e de Telecom.,

Itajubá Unifei, PE Recife UFPE,

PR Curitiba UTFPR,

RJ Rio de Janeiro Uerj Eng. Elétr. (sist. eletrôn.),

SP São Bernardo do Campo Centro Universitário da FEI Eng. Elétr. (eletrôn.),

São Caetano do Sul Mauá, São Paulo Mackenzie;

Um  pouco mais sobre o curso

Durante os primeiros anos da graduação, o currículo do aluno é bem forte em matérias voltadas a áreas de exatas, e como cálculo diferencial, bem como estudos de física, matemática, desenho técnico e também estruturas de dados. Depois deste período começam ainda disciplinas específicas, dentre elas os sistemas digitais, os circuitos elétricos, entre outros. Toda a realização do estágio e a apresentação de trabalhos de conclusão de curso são extremamente obrigatórias.

Em algumas instituições o curso é oferecido como uma habilitação de Engenharia Elétrica convencional, e em outras existe um enfoque específico como áreas de telecomunicação e também áreas de automação, a duração média é de 5 anos de curso.

 

Deixe um Comentário: