Curso Superior Engenharia naval e oceânica – Onde fazer?

A área de Engenharia Naval e oceânica é uma área que cuida de todos os projetos, bem como das construções e de toda a manutenção existente de embarcações além de todos os seus equipamentos determinados.

Os engenheiros navais projetam toda a estrutura, os motores e ainda outros tipos de componentes de navios. Para tudo isto, é possível se considerar a utilização dos motores e ainda os demais componentes determinados.

Em toda a construção é possível se supervisionar os técnicos e também todos os operários, verificando assim toda a qualidade de matéria prima e também as técnicas utilizadas para realizar o trabalho, acompanhando toda a fabricação de produtos. Este profissional poderá ainda realizar todo o gerenciamento de transporte tanto de cunho marítimo como também de cunho fluvial, procurando controlar todo o tráfego de embarcações e todos os serviços específicos de comunicação. Existem ainda várias outras áreas de atuação para este profissional, que são as áreas de lazer, esportes náuticos, bem como a criação de animais marinhos e toda a exploração dos recursos principalmente do petróleo.

Engenharia naval e oceânica

Mais contratações deverão ser realizadas em muito breve destes profissionais

De acordo com o Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore (Sinaval), os setores devem até mesmo gerar uma capacidade de mais de 15 mil empregos. Além de tudo isto boa parte de todas estas vagas são destinadas aos engenheiros navais e ainda tecnólogos da área. Os principais motores deste aquecimento de mercado é toda a demanda equivalente da Petrobrás por navios e por plataformas na costa brasileira.

Como é o mercado de trabalho para estes profissionais

O mercado de trabalho para os profissionais na área de engenharia naval se encontra principalmente de forma aquecida graças a todos os investimentos de setores de petróleo. Bem como um destaque para toda a construção existente das plataformas de exploração existente em águas profundas, além de embarcações determinadas de transporte e suporte logístico para todas as atividades.

Os estados do Rio de Janeiro são indicados para a construção naval, mas outros estados como por exemplo Pernambuco, Rio Grande do Sul e também Santa Catarina recebem todos os novos estaleiros e assim existe a necessidade de mão de obra especializada.

 

Deixe um Comentário: