Curso Superior Engenharia sanitária – Onde fazer?

A área de Engenharia Sanitária é uma área voltada para o desenvolvimento econômico de forma sustentável, e que ainda respeita todos os limites de exploração de recursos distintos de forma natural, e ainda para projetos, a construção, a ampliação e ainda toda a operação de sistemas de água, esgoto e seus derivados.

Este profissional ainda avalia todo o impacto de grandes obras sobre o meio ambiente para que possa prevenir a possível poluição de mananciais, rios e ainda represas. Com isto este profissional é responsável por prevenir contra a poluição causada por indústrias.

Em várias agências de meio ambiente, e ainda em polos diferenciados de forma industrial é possível se prevenir e tratar toda a poluição atmosférica. É possível ainda que se possa monitorar o ambiente marinho e costeiro, sempre atuando em uma prevenção e controles de erosões em praias.

Curso Superior Engenharia sanitária

Como é o mercado de trabalho para este profissional?

Os formados normalmente encontram um lugar rapidamente no mercado de trabalho, principalmente no que diz respeito as áreas de tratamento de resíduos sólidos, água e esgoto. Com isto toda a gestão de lixo vem com uma grande força e importância.

Os setores de energia também estão em evidência, e as companhias de energia, principalmente companhias de petróleo tem uma carência de profissionais. Os laboratórios de geoprocessamento também acabam empregando este profissional. As oportunidades são bem maiores nas grandes cidades e regiões de concentrações de indústrias e agrícolas como no sudeste e no sul do Brasil.

A remuneração inicial deste profissional é equivalente de R$ 4 mil reais.

As melhores instituições são:

MG Ouro Preto Ufop Eng. Amb.,

Viçosa UFV Eng. Amb.;

RJ Rio de Janeiro PUC-Rio Eng. Amb.;

SP Presidente Prudente Unesp Eng. Amb.,

São Carlos USP Eng. Amb.;

 

Um pouco sobre o curso

Este é um curso que gera um currículo multidisciplinar, o que engloba as disciplinas principais de áreas de ciências exatas e biológicas. Com isto as aulas de física, química e também áreas de estatística se alternam com as de ecologia, geologia, hidrologia, hidráulica, entre outras áreas.

A partir do terceiro ano de curso os alunos se aprofundam os estudos em conteúdos profissionalizantes.

 

Deixe um Comentário: