Dpvat é um seguro? Como Funciona?

A maioria das despesas que envolva com médicos, hospitais, remédios e tratamentos no caso de um acidente veicular poderão ser restituídas pelo seguro DPVAT, em até 30 dias após o ocorrido.

O DPVAT, é um seguro obrigatório, mas que é estabelecido em muitas dúvidas, principalmente com relação aos reembolsos de despesas com assistências médicas e assistências suplementares. Levando isto em conta, a falta de informação poderá resultar na perda de benefícios, e ainda facilita s fraudes. Por isso tire as suas principais dúvidas sobre o DPVAT.

 

Quem pode solicitar a indenização do DPVAT?

Saiba que qualquer vítima de acidentes que envolverem o veículo, e inclua o motorista, passageiros e pedestres, além de ciclistas, desde que exista um motorizado no meio da situação.

Todas as indenizações são pagas de forma individual, não importando o número de vítimas, e mesmo que o carro não estiver em dia com o DPVAT, ou ainda não possa ser identificado, a cobertura deverá ser mantida.

A taxa é paga anualmente junto do IPVA, e é fundamental para que seja feito o licenciamento. O prazo de pedido do benefício é de até três anos a partir do acontecimento do acidente.

Que coberturas o DPVAT oferece?

Para uma situação de morte ou invalidez permanente, a indenização é equivalente de até R$ 13500 por pessoa. Agora os reembolsos hospitalares e médicos podem chegar a R$ 2700. Este é um tipo de restituição que prevê qualquer tipo de custo em hospitais e médicos particulares. Os medicamentos e tratamentos, entre eles a fisioterapia, e a psicologia poderão ser reembolsados.

Quem possui plano de saúde, o DPVAT não cobre a mensalidade, mas poderá restituir qualquer tipo de despesa que o plano acabar não cobrindo.

Como é possível receber um benefício?

O procedimento para recebimento é simples, e acaba dispensando os intermediários. Atualmente o pagamento apenas é feito em conta corrente em nome do beneficiário. A partir disto, os pedidos de indenização poderão ser realizados pela vítima através dos mais de 7700 postos de atendimento, até mesmo pelas agências dos correios.

O interessado precisa ter muito cuidado ao aceitar o auxílio de terceiros, com a finalidade de evitar fraudes ou mesmo um pagamento de honorários que sejam desnecessários.

Deixe um Comentário: