Kimono tendência verão 2015 – Como usar, fotos e modelos

Os Kimonos em japonês significam literalmente Coisa de vestir. E levando em conta que é um traje típico ou tradicional japonês, esta é um sinônimo de peça principal. O Kosade como é chamado o Kimono no Japão acabou surgindo durante o período Heian entre os anos de 794-1192 com uma técnica totalmente nova e conhecida como um método de corte de linha reta pois envolveu o corte de peças de tecidos em linha reta e a costura feita em uma peça única.

Foi nos anos 20 que o quimono virou um grande hit entre as mulheres da época que começaram a utilizar os modelos por uma influência de estilistas franceses. Paul Poiret foi o grande pioneiro para trazer influências orientais para a moda ocidental inspirada por alguns quimonos japoneses, desenhando uma coleção para libertar as mulheres dos espartilhos como as formas amplas e também formas confortáveis.

Kimono tendência verão 2015

Agora eles começam a voltar como quimonos Jackets, peças bem estilosas para serem utilizadas como casacos que podem ser ótimas alternativas para um final de tarde, para proteger do sol ou ainda simplesmente trazer um bom estilo para o visual.

Como usar o estilo de quimono?

O quimono vem marcando cada vez mais uma presença nos looks de blogueiras e editoriais de moda há algum tempo, mas apenas agora virou um dos grandes hits da estação. Ele é um dos destaques do verão 2015 e prometem ser um grande hit do inverno 2015. Desta forma você poderá escolher um modelo que possa se adaptar melhor aos looks de duas estações.

Kimono tendência verão 2015.

Os modelos de franjas e estampados são os mais procurados

A dica é optar por um quimono que mais lhe agradar, e que principalmente possa ficar bem com o seu estilo. Vale a pena durante o verão montar looks com quimonos, shorts, camisetas básicas, etc. Dependendo do modelo, poderá ser utilizado como uma saída de praia, e até mesmo como um vestido. Eles ficam excelentes quando utilizados com calças jeans, leggings e calças de couro.

 

Deixe um Comentário: